×
Procurar

Presumimos que todo cristão tem uma Bíblia parecida com esta: desgastada, marcada e acompanhada de um diário recheado de reflexões espirituais multicoloridas.

Mas, muitas vezes, isto não é verdade. Muitos cristãos têm dificuldade em desenvolver o hábito da leitura diária da Bíblia. Assim sendo, esta semana, John Piper abordou quatro causas comuns da negligência da Bíblia na vida cristã, como: “Não leio a Bíblia porque…

  • … parece tão irrelevante para a minha vida”.
  • … não tenho tempo”.
  • … vou à igreja todos os domingos”.
  • … eu a acho confusa”.

A seguir, se encontra uma transcrição ligeiramente editada (e resumida) de suas respostas.

Razão 1: “Não leio a Bíblia porque parece irrelevante para minha vida”.

Esta é uma dificuldade muito comum. Muitos cristãos negligenciam a Bíblia porque não lhes parece relevante para um dia mediano de vida e de trabalho. Portanto, por que necessito ler a Bíblia todos os dias? A resposta do pastor John.

Sei uma coisa em resposta a esta pergunta, e outra coisa não sei. O que sei é que a Bíblia é relevante para o dia mediano desta pessoa onde ele vive e trabalha. O que não sei são seus objetivos pessoais na vida e no trabalho. E o motivo pelo qual isto é importante, é que podemos ter metas no trabalho ou na vida que nos colocarão tão fora de sintonia com a Bíblia, que acharemos que a Bíblia é irritante, ou condenadora, ou entediante, porque seu ensino vai numa direção diferente da direção que estamos seguindo.

Sei que a Bíblia é relevante para a vida diária desta pessoa. Ele diz que não sente isto. Eu sei que é. A Bíblia diz: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus” (I Coríntios 10.31). A Bíblia diz: “servindo de boa vontade como ao Senhor, e não como aos homens. Sabendo que cada um, seja escravo, seja livre, receberá do Senhor todo bem que fizer” (Efésios 6.7-8).

Portanto, aqui estão dez perguntas a serem feitas sobre o trabalho.

Pergunta 1: Alguma vez já se sentiu tentado a resmungar ou reclamar no trabalho? Filipenses 2.15-16 é relevante, e mostra uma maneira gloriosa de viver, sem resmungar.

Pergunta 2: Alguma vez já se sentiu tentado a ser ganancioso no trabalho e pegar algo que não é seu? A Bíblia tem muito a dizer sobre a cobiça, e a ganância, e o roubo, e como estar tão satisfeito em Cristo que ficamos livres no trabalho para sermos generosos.

Pergunta 3: Alguma vez já se sentiu tentado a ficar preocupado ou ansioso no trabalho? Todo mundo já sentiu. E a Bíblia fala sobre este medo quase tanto quanto de qualquer coisa. O comando mais comum na Bíblia é “não temas”. Para quem tem qualquer medo no trabalho, a Bíblia é relevante.

Pergunta 4: Alguma vez já se sentiu tentado a se gabar, ou ostentar, ou chamar a atenção para si mesmo e para a sua superioridade em alguma área? A Bíblia é cheia de sabedoria sobre o orgulho e a humildade, e o efeito que ela tem nos relacionamentos.

Pergunta 5: Alguma vez já se sentiu tentado no trabalho a ficar irado contra alguém? Tem problemas com a ira? Há relações tensas por frustraçāo com outras pessoas? A Bíblia trata repetidas vezes com a questão da ira e vai muito mais a fundo nesta questão do que qualquer psicologia atual consegue.

Pergunta 6: Alguma vez já se sentiu tentado a fazer as coisas mal feitas no trabalho, a sair mais cedo, a chegar atrasado, a trabalhar sem entusiasmo? A Bíblia também é relevante para a qualidade do nosso trabalho.

Pergunta 7: Alguma vez já se sentiu sexualmente tentado no trabalho? A Bíblia está cheia de material relevante sobre uma visão sólida da sexualidade que coloca tudo em uma boa perspectiva e em seu devido lugar.

Pergunta 8: Alguma vez já se sentiu tentado a sentir pena de si mesmo no trabalho, a lamber suas próprias feridas porque alguém falou mal de você, ou porque você não recebeu uma promoção? A Bíblia é recheada com dinâmicas de vida que nos ajudam a lidar com a auto-piedade.

Pergunta 9: Alguma vez já se debateu com a culpa no trabalho, com sentimentos que lhe aparecem, que são uma vaga sensação de que você não é tão bom como deveria ser, ou talvez você realmente tenha falhado em algo que deveria ter atingido de acordo com seus próprios padrões? Aceite o remédio final conclusivo dado na Bíblia para a culpa.

Pergunta 10: Há pessoas no trabalho das quais você gosta e estão perdidas, que você não quer que vão para o inferno? Onde você vai conseguir ajuda para lidar com eles na esperança de lhes dar vida, senão na Bíblia? E onde você vai obter força, coragem, ousadia e sabedoria para saber como fazê-lo?

A Bíblia é relevante para a vida e o trabalho de qualquer homem. Mas na verdade, a questão é esta. Ele quer ver o maior tesouro do universo? Ele deseja conhecer a Jesus e curtir Jesus mais do que qualquer coisa? Ele ama tanto as pessoas que se aflige pelo fato de que elas não conhecem a Jesus e se perderão para sempre sem ele? Esta é a questão. Se Jesus for supremo na vida desta pessoa, se sua paixão é conhecê-lo acima de tudo, se sua paixão é desejá-lo, apreciá-lo e estimá-lo mais do que a qualquer coisa, se sua paixão é trazer o máximo de pessoas que puder a esta experiência, então não se pode viver sem a Bíblia. É o livro mais relevante do mundo.

Razão 2: “Não leio a Bíblia porque não tenho tempo”.

Esta é outra luta muito comum com a qual os leitores da Bíblia se deparam, e esta questão veio de uma mãe com crianças pequenas, que sente que não há tempo no dia para um tempo ininterrupto e com a cabeça descansada para as Escrituras. Em resposta, o Pastor John virou a mesa para abordar o papel do marido em servir sua esposa, e ofereceu estes seis conselhos.

Um, estabeleça um tom de disciplina e ordem no lar, para que as crianças não andem desgovernadas, mas sejam submissas, obedientes e com domínio próprio. Seja parceiro dela para controlar as crianças com sonecas, hora para dormir e horários de refeições que são horários organizados e com base neles se pode planejar o dia. Minha impressão é que muitos pais hoje crêem que seus filhos devem poder controlar a atmosfera da casa. Creio que isto é um grande erro em vários níveis. Portanto, pai, posicione-se, seja parceiro de sua esposa no estabelecimento de rotinas e tenha a expectativa de obediência à sua autoridade e à dela.

Dois, papai, estabeleça tempo para brincar com as crianças todos os dias. Obviamente, isto mudará com a idade e assim por diante, mas dê atenção exclusiva a estas crianças todos os dias em algum momento, durante o qual sua esposa fica livre. Para nós, durante muitos anos, era logo depois do jantar por cerca de uma hora.

Três, planeje retiros para a vida dela, para que ela consiga meio dia ou um dia inteiro de folga de vez em quando. Descubra você com que frequência pode se organizar com as crianças. Encarregue-se delas no sábado de manhã, a manhã toda. Façam retiros periódicos prolongados sozinhos, onde ela (e depois você) possa interagir com o Deus vivo.

Quatro, guie sua esposa na palavra para que o desejo dela nunca oscile por causa do seu exemplo de buscar o tesouro e a doçura na palavra junto dela.

Cinco, mantenha conversas adultas sobre coisas importantes, incluindo coisas das Escrituras, para que ela não perca a perspectiva do porquê desse tempo todo com as crianças.

Seis, ore por ela. Marido, ore para que sua esposa encontre a motivação e a disciplina para desfrutar da palavra de Deus.

Razão 3: “Não leio a Bíblia porque vou à igreja todos os domingos”.

Uma terceira razão pela qual alguns cristãos negligenciam a Bíblia é por pensarem que ouvir sermões semanais é suficiente. Não é isso que os pastores são pagos para fazer, entender a Bíblia e me explicar uma vez por semana? Aqui está a resposta do Pastor John.

Fui pastor e gostava muito quando as pessoas ouviam meus sermões. Mas algo está errado aqui. Isto é sério. Se a palavra de Deus vem com poder a cada semana, ela não apenas satisfaz a fome, mas também cria fome. Eu me sentiria como um fracasso total se meu povo dissesse: “Por causa da sua pregação, não lemos nossas Bíblias”.

Para alguém que diz que o sermão é tudo do que necessito, minha pergunta seria: isto é tudo o que você quer? Por que a refeição do domingo não está estimulando o seu apetite por mais na segunda-feira? Por que não? Parece-me que temos dois problemas aqui. (1) Quanto da Bíblia necessitamos? (2) Quanto da Bíblia queremos?

Vejamos a segunda pergunta. Por que alguém quereria apenas uma passagem da Bíblia por semana, vinda de outra pessoa? Para mim, é como dizer: estou apaixonado, minha amada me escreve todos os dias, gostaria de ler suas cartas uma vez por semana, e quero que outra pessoa as leiam e me dêem um resumo do que ela disse. Está brincando? Querer ler só uma carta de amor por semana quando ela está escrevendo todos os dias é um sinal de que algo está errado.

A Bíblia é uma carta de amor sem precedentes para o povo de Deus. O salmista diz: “Oh! quão doces são as tuas palavras ao meu paladar! mais doces do que o mel à minha boca.” (Salmo 119.103). Não faria sentido nenhum se o salmista dissesse: “Recebo uma colher de mel no domingo e é mais que suficiente. Não quero mais na segunda-feira, ou na terça-feira, ou na quarta-feira, ou na quinta-feira, ou na sexta-feira, ou no sábado”. Em vez disso, ele disse: “Oh! quanto amo a tua lei! ela é a minha meditação o dia todo.” (Salmo 119.97). “Mais desejáveis são do que o ouro, sim, do que muito ouro fino.” (Salmo 19.10). “Se o buscares como a prata e o procurares como a tesouros escondidos; então entenderás o temor do Senhor, e acharás o conhecimento de Deus.” (Provérbios 2.4-5).

Então, por que queríamos apenas um vislumbre por semana desta beleza? Só um gostinho por semana deste mel? Apenas um depósito por semana desta prata em nosso banco? Apenas uma carta de nosso amado?

Creio que posso dizer por experiência própria, pela história, e pela Bíblia: todo cristão necessita de mais do que uma só refeição de comida espiritual por semana. Isto não funciona nem fisicamente; e não funciona espiritualmente. As tentações são implacáveis demais. A dúvida é frequente demais. Satanás é ativo demais. As tribulações são pesadas demais. Os conflitos são demasiados. As emoções são voláteis demais. As perplexidades são difíceis demais. A fé, a esperança e o amor são demasiadamente ameaçados, para que pensemos que podemos lidar com isto durante a semana toda, simplesmente com uma palavra que ouvimos no domingo. Eu não consigo. E não creio que ninguém consiga.

Razão 4: “Não leio a Bíblia porque a acho confusa”.

Finalmente, o que dizer de leitores que simplesmente acham a Bíblia terrivelmente difícil de entender, não por culpa da Bíblia, mas porque acham que todo livro é difícil de entender? Para este leitor da Bíblia desmotivado, o Pastor John ofereceu alguns conselhos bem práticos.

Um, certifique-se de ter uma tradução moderna que seja legível, como a NTLH ou a NVI.

Dois, certifique-se de estar numa igreja onde o pastor explica as passagens da Bíblia todos os domingos.

Três, obtenha uma boa Bíblia de estudo. Em uma boa Bíblia de estudo, há observações na parte inferior da página para ajudar a responder muitas das perguntas incômodas que você irá perguntar.

Quatro, leia cuidadosa e lentamente, e tente copiar uma passagem. E não estou me referindo a escrever longas histórias no Antigo Testamento. Quero dizer, se você está tropeçando em um versículo ou um parágrafo nas cartas ou nos evangelhos, tente copiá-los a mão.

Cinco, junte-se a nós online para ver os episódios de Look at the Book [Veja no Livro] (Nota da Traduçāo – Vídeos disponíveis somente em inglês), que estão vindo a público na Conferência Nacional. Nestes videos, vou ajuda-los a se guiarem quanto aos textos. Minha esperança é que estes vídeos incutirão hábitos de leitura na assistência, para tornar a Bíblia mais compreensível.

Seis, Ore. Ore para que Deus lhe ilumine. Deus ama tornar o seu Filho conhecido. Ele o enviou ao mundo ao custo de sua vida, para que ele pudesse ser conhecido e amado. Ele não está interessado em esconder de você a luz que ele deu com o seu Filho e deu com a sua palavra.

John Piper explicou todos esses princípios esta semana no podcast do Pergunte ao Pastor John. Pode-se ouvir os quatro episódios aqui:

Should I Read My Bible Daily?

If I Listen to Sermons, Why Do I Need to Read My Bible?

Bible Time for Busy Moms

6 Tips If You Find the Bible Hard to Read


Originalmente publicado em DesiringGod.org.

Traduzido por Mariana Alves Passos.

CARREGAR MAIS
Loading