×
Procurar

O Mau Uso da Pregação Expositiva

Mais por Cleyton Gadelha

Um artista não pinta uma tela apenas com cérebro e pincel. Michelângelo não disse ao seu Moisés de pedra: “parla” com a voz sem garganta dos aplicativos. Não é sobre arte, é sobre “Pregação Expositiva” que estou falando quando usada apenas como um método, como uma estrutura para fazer escorrer rios de petulância acadêmica.

Gente, pregação não é mera atividade cerebral não! A finalidade do sermão é colocar os homens diante de Deus! A “Pregação Expositiva” pode está servindo de método para garantir emprego de “pregador-enciclopédia”. Isso é uma possibilidade trágica! Igrejas locais agonizam sob o manto de habilidosos fabricantes de sermões bem estruturados! As modernas ferramentas de pesquisa permitem que qualquer menino de cavanhaque produza peças homiléticas e as chame de pregação. Pregação não é exibição retórica. Pregação é “teologia em chamas”.

Pregação não é exibição retórica. Pregação é “teologia em chamas”.

CARREGAR MAIS
Loading